O Natal já vem chegando…

2012-11-15_25-christmas-table-decorations-tartan-brides-cafe-2

Quando criança meus pais não eram muito ligados nesse lance de espírito natalino… Toda essa antecipação de presentes embaixo da árvore, decoração, lembrancinhas para amigos queridos, músicas, pura besteira!  E Papai Noel então… imagina se em casa de ateu-matemático-militante tem espaço para tolices como um velhinho gordo que entra pela chaminé, deixa presentes e come cookies com leite. Teve jeito não, eu me tornei adulta acreditando que todo esse pacote de acontecimentos do fim do ano eram uma bobagem sem tamanho. Tolinha! Mal sabia eu…

Mas olha só, antes de continuar preciso ser justa, meus Natais eram bem divertidos: cinco irmãos, muitos primos e tios e uma avó maravilhosa que sempre cozinhava para esse batalhão, nenhum trauma…

Então… Eis que me caso com uma criança em corpo de homem que adora tudo o que diz respeito ao Natal, tudinho mesmo. Não tive escolha, logo me vi tendo que decorar uma árvore e comprar o especial do Michael Bublé para esta época do ano. Quinze anos se passaram e estou aqui, já desempacotando minha árvore e pensando no cardápio da ceia deste ano… Tenho todos os Cd’s natalinos que vocês possam imaginar, de Sinatra ao Glee (exceto o da Simone!!!) e minha sala não fica nada a dever a nenhum shoopping no quesito decoração. Entreguei os pontos mesmo, hoje adoro toda esta função! Ai ai… o mundo gira…

E é assim queridos, imbuída desse entusiasmo de fim de ano, que começaremos nosso especial natalino aqui no Panela Dela.

Hoje vou requentar uma receita que já publicamos aqui para dar algumas dicas sobre as castanhas… Existe uma enorme variedade de castanhas e todas ficam ótimas em preparações doces e salgadas… Farofas, recheios, bolos… Essas delícias tem presença certa nas mesas natalinas, mas podem fazer com que seu orçamento fique um tanto salgado.

Assim as dicas de hoje são:

1. Como as castanhas não estragam facilmente, aproveitem para comprá-las ainda em novembro. Com a virada do mês os comerciantes aumentam substancialmente os preços e a qualidade cai na mesma proporção.

2. Embora não estraguem logo, é importante adquirir o produto em um fornecedor de confiança. Eu sugiro aqueles vendedores a granel de feiras como a SEASA, você pode experimentar antes de comprar e costuma ser bem mais barato. Ninguém merece pagar uma fortuna para comer castanhas murchas e rançosas!

3. A última dica é para presentear os amigos e colegas de trabalho… A receita que vou deixar aqui é sucesso onde sirvo e pode ser uma opção muito charmosa para lembrancinhas de fim de ano. Você pode embalá-las em uma caixinha forrada em papel de seda como a da foto, ou reutilizar vidros de geléias. No caso da caixinha sugira o consumo imediato, pois não conservam bem. Os vidros conservam por dois meses se bem fechados, para dar um ar mais bonitinho a esta embalagem forre a tampa com tecido e fita de cetim.

Ao longo deste mês nos encontraremos novamente, sempre como o meu tema preferido: Natal!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s