Pesadelo

Ver imagem em tamanho grande

Eram aproximadamente três da manhã quando acordamos com o som de batidas na porta. Meu marido levantou, bem ao estilo sonâmbulo, para abrir. Do outro lado um pequeno descabelado, com carinha assustada, arrastando o paninho e a chupeta (eu sei, com quatro anos já devia ter parado de usar, estamos em negociação): “Dragão existe papai?”

A resposta embora foi cheia de sono e de carinho: “não, claro que não”.  Mas a criaturinha não deu meia volta. A essa altura já estava tomando posse da metade de meu travesseiro e puxando a manta sobre si. Dormiu… Por uns dez minutos, achou melhor se certificar mais uma vez: “Dragão existe papai?”- de olhos fechados e com a chupeta na boca, só mesmo para garantir. “Não…” agora no automático. Cada um virou para seu lado e retomou o caminho dos seus sonhos. E nosso pequeno ali, adormecido entre os pais, entregue a um sono profundo e tranqüilo… Livre das assombrações noturnas. Afinal, aos quatro anos de idade, que palavra vale mais de que a dos pais? Qual o recanto do mundo é mais seguro do que deitado entre papai e mamãe?

E… cá para nós, que perfume pode ser mais reconfortante do que o cheirinho do seu filho no seu travesseiro?

Anúncios

3 thoughts on “Pesadelo

  1. Concordo plenamente…bom, eu não tenho mais idade pra pular no meio da cama de pai e mãe pra dormir, o máximo que posso fazer é persuadir meu pai a trocar de quarto comigo e aproveitar o sono restabelecedor perto da mãe!! Embora nos tornemos adultos, independentes, determinados e confiantes, não existe nada igual ao colo de pai, que relembra os tempos infantis e que nos faz sentir seguros e protegidos, pois nenhum monstro pode contra nosso super herói, ou uma conversa com a mãe, que sempre tem todas as respostas e reconhece até os mínimos e diferentes compassos de nossos corações, que sempre tem a palavra certa na hora certa, ou que compartilha o silêncio e a tristeza da nossa alma. Sejam nos momentos de alegria compartilhada, ou da tristeza necessitada, ainda não inventaram nada melhor do que a presença dos pais!!!!

  2. Ai eu adorava fazer isso, sempre correria qndo tinha pesadelo, mas minha mae sempre mandava eu rezar que pedindo pro papai do céu eu nao ia mais sonhar coisas ruins e assim faço até hoje, sempre qndo tenho pesadelos de acordar na madrugada eu rezo e peço a Deus p tirar os sonhos ruins da minha noite de sono e assim me viro e durmo e até hoje sempre deu certo…Pesadelo é ruim, ainda mais com 4 anos que não sabemos se aquilo realmente acontece ou não…heheuhee..
    Imagiiinei ele, o bico e o paninho….Jah durmi com essa pessoinha especial …AMO VCS.

  3. Me lembro que quando era criança tinha constantemente medo de esqueletos e palhaços (não tem como não ter medo de palhaços quando vc assiste “It” do Stephen Kings com 5 anos de idade)… de qualquer maneira eu acordava e ia dormir no quarto da mãe heheh

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s