Dicas para saladas perfeitas

salada verde

Vez ou outra me pedem receitas de saladas, mas a verdade que para fazer uma salada deliciosa e nutritiva é mais interessante seguir algumas dicas práticas do que receitas específicas. Assim fica muito fácil variar no dia-a-dia.

Espero que as dicas abaixo ajudem…

DICAS BÁSICAS PARA SALADAS:
Usar produtos frescos e da estação.
Usar como base folhas variadas (alface Americana, alface crespa, alface lisa, alface mimosa roxa ou verde, rúcula, agrião, radicchio)
SOBRE AS FOLHAS:
Para a base da salada use pelo menos duas variedades de folhas frescas. Procure variar cores,
texturas e sabor (algumas folhas são mais neutras, outras bastante amargas).
 Use a folhagem rasgada grosseiramente com as mãos mesmo, dessa maneira elas durarão
mais na geladeira caso tenha sobras, além de dar a salada uma aparência mais fresca,
natural.
 Entre as folhas de salada com sabores mais neutros: alface americana (não abuse do uso
deste tipo, pois além de um bom fornecedor de fibras e água, esta alface tem quase nenhum
valor nutritivo), alface lisa, alface crespa verde, alface mimosa verde.
 Para fornecer contraste de cor use as crespas e mimosa rochas que também têm sabor
neutro; o radichio serve para acrescentar um toque de cor e também amargor ao mix.
 Folhas amargas que dão um charme especial, mas que devem ser usadas com cuidado para
não carregar muito: rúcula, almeirão, mostarda, radichio, alface frise, agrião.
 Para uma dose extra de ferro: folhas de espinafre, couve, folhas de salsinha.
Escolher três ou quarto itens abaixo:
 Tomate cereja ou tomate salada em rodelas ou cortado em gomos.
 Pepino japonês ou pepino comum descascado e cortado em tiras ou rodelas, ou ainda picles
de pepino laminado.
 Frutas como manga em fatia, morango, kiwi e gomos de laranja, figos cortados em quatro.
 Cenoura ou beterraba raladas (cruas) ou cozidas cortadas em palito ou rodela
 Conservas como: mini milho, picles de pepino, mini cebola, ervilhas, milho verde, palmito,
coração de alcachofra.
 Elementos crocantes como alho dourado, torradinhas, bacon frito.
 Usar apenas molhos caseiros, temperar a salada apenas na hora de servir ou servir o molho a parte.
 Cebola cortada em fatias ou rodelas bem fininhas, de preferência use a cebola roxa, de
sabor mais suave.

Pedaços de vegetais cozidos, em bastonetes, rodelas ou cubos, por exemplo, são uma opção ótima para garantir uma salada mais encorpada. Boas opções são vagens, cenoura, beterraba, batata, batata doce…

Para adicionar proteína a sua salada você pode optar por usar a salada como acompanhamento de grelhados, como peito de frango, filé ou peixes. Eu gosto muito da salada como prato principal, gosto de colocar as tiras de filé ou de peito frango, frias misturadas na própria salada. Ovos cozidos, lascas de atum; queijos em lascas, cubinhos ou esfarelados por cima também são opções deliciosas.

Acima de qualquer dica, de qualquer coisa que possa ser dita, o mais importante é o bom senso, o frescor dos ingredientes e que você se divirta no processo!

Depois me contem as experiencias!!!

 

Anúncios

Hoje foi o primeiro dia de aula da Cookinha numa escola nova. Nem preciso dizer que quase passou a noite em claro de tanta ansiedade – e se não gostassem dela? E se não fizesse nenhum amigo? Como ninguém nunca fez amigos oferecendo uma salada a gente achou melhor se garantir fazendo logo um brownie […]

via Um brownie para o primeiro dia de aula — The Cookie Shop